FOLHA DA CIDADE 22 ANOS INFORMANDO DE FORMA DIRETA...

VENHA ECONOMIZAR COM A GENTE

VENHA ECONOMIZAR COM A GENTE

sexta-feira, 12 de julho de 2019

CASO ALLYSSON » De latrocínio para crime passional; acusado confesso é preso pela Polícia Civil de Brejo da Madre de Deus


Acusado
Na manhã desta sexta-feira (12), policiais civis da delegacia de Brejo da Madre de Deus, sob o comando do delegado Eymard Coutinho, cumpriram um mandado de prisão preventiva em desfavor de um elemento acusado de assassinar o jovem José Allysson de Siqueira Nunes, de 20 anos; crime ocorrido na madrugada do último domingo (07), no centro da cidade de Brejo da Madre de Deus. (relembre o caso AQUI AGORA

Segundo informações colhidas pelo Blog Jota Lima AGORA, “José Allysson” era um jovem universitário, vendedor em uma farmácia da cidade, evangélico, bastante querido pela população e há dois meses iniciou um namoro com uma garota identificada apenas como "Claudiane", de 18 anos. Ainda de acordo com informações, o acusado do crime, Rogério Bezerra de Souza, de 31 anos, morava vizinho a casa da namorada da vítima e era apaixonado por ela que, sempre recusou qualquer aproximação com ele.
O acusado estava no estado do Pará viajando a trabalho, tomou conhecimento do novo relacionamento amoroso de Claudiane e retornou para Brejo da Madre de Deus no último dia 05 de Julho com a finalidade de assassinar Allysson, fato este consumado por volta de 01:00 hora da madrugada logo após a vítima deixar  a namorada em casa. “Rogério” foi interrogado na noite de desta última quinta-feira (11) e confessou a autoria do crime com riqueza de detalhes, se mostrando uma pessoa bastante fria e calculista. 
Rogério” entregou a roupa e a motocicleta utilizada no crime, bem como informou a localização onde havia descartado a arma de fogo, sendo esta encontrada em um matagal e apreendida. 

Diante dos elementos de informações já obtidos somado à confissão do investigado, o Delegado Eymard Coutinho representou pela sua prisão preventiva no que teve parecer favorável pelo Promotor Dr. Rolemberg e decisão deferida pelo Juiz Dr. Clécio Camelo, e em seguida foi dado cumprimento do respectivo mandado. 

Inicialmente toda a imprensa divulgou o caso como sendo um latrocínio, já que o celular da vítima foi levado, fato que gerou uma enorme comoção na cidade de Brejo da Madre de Deus e região.

Após os procedimentos de praxe, o preso sob a acusação de homicídio qualificado foi encaminhado para o Presídio de Santa Cruz do Capibaribe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário