FOLHA DA CIDADE 22 ANOS INFORMANDO DE FORMA DIRETA...

FIQUEM BEM INFORMADOS

FIQUEM BEM INFORMADOS
SIGA-NOS NO FACE

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

CONFUSÃO ENTRE ASSESSORES DE VEREADORES TERMINA COM UM GRAVEMENTE FERIDO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE



 Durante a manhã desta segunda-feira (11), uma confusão entre dois assessores parlamentares acabou com um gravemente ferido na Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional de Pernambuco.
 Segundo informações repassadas ao Blog, Fabrício Araújo (assessor da vereadora Jéssyca Cavalcanti) discutia por motivos políticos com o acusado Gilsemar Pedro (assessor do vereador Ronaldo Pacas) que armado com um canivete efetuou um golpe contra a vítima que foi atingida no rosto e socorrida para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento – da Capital da Moda aonde foi submetido aos procedimentos médicos, levando 23 pontos no ferimento.
 De acordo com testemunhas, o acusado tentou acertar o tórax do Fabrício que ao tentar se livrar do ataque, foi atingido no rosto. O desentendimento entre os envolvidos acontecia desde ontem em um grupo de WhatsApp, inclusive com ameaças do Gilsemar.
 Para a vereadora Jéssyca Cavalcanti, o caso trata-se de uma tentativa de homicídio premeditada, já que, o acusado já havia ameaçado a vítima e foi armado para a Casa de Leis José Vieira de Araújo.
 Em nota, o presidente da Câmara Municipal, vereador Augusto Maia, explicou que medidas administrativas estão sendo tomadas, iniciando pela exoneração imediata dos dois funcionários.
Nota de Esclarecimento - Tendo em vista os últimos acontecimentos envolvendo dois assessores parlamentares que compõe o quadro de funcionários da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, inclusive chegando à agressões físicas, fato que tem sido repercutido por toda a imprensa, viemos através deste comunicado prestar esclarecimentos.
 A Câmara de Vereadores comunica que as medidas administrativas estão sendo tomadas, iniciando pela exoneração imediata dos dois funcionários envolvidos, tendo em vista que de pronto é nítido que ambos tiveram a mesma intenção de fugir das atribuições do âmbito profissional. Ressaltamos ainda, que a Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe estará atenta ao desfecho do caso judicialmente.
 Vale salientar que o fato ocorreu fora da Câmara de Vereadores e os assessores parlamentares não tem horário fixo de expediente, já que ficam à disposição de forma exclusiva para cada vereador. 
 Toda via, a Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da presidência, repudia qualquer ato de violência por qualquer que seja a motivação. Em um momento tão difícil que passa a nossa política, o diálogo e o respeito às opiniões contrárias devem se sobrepor às agressões físicas ou incitações à guerra. A busca por um ambiente saudável, onde a discussão democrática deve prevalecer é um dos nossos objetivos.
Atenciosamente, 
Augusto Maia
Presidente da Câmara
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário