FOLHA DA CIDADE 22 ANOS INFORMANDO DE FORMA DIRETA...

FIQUEM BEM INFORMADOS

FIQUEM BEM INFORMADOS
SIGA-NOS NO FACE

sexta-feira, 3 de junho de 2016

MAIS UM HOMICÍDIO É REGISTRADO EM SANTA MARIA DO CAMBUCÁ – CASO PODE ESTAR RELACIONADO COM OUTROS CRIMES


 Mais um crime de morte foi registrado durante a noite de ontem (quinta-feira) em Santa Maria do Cambucá, Agreste de Pernambuco. A vítima Cyro Anderson Gonçalves Pereira, vulgo “Nenê”, de 34 anos de idade, estava em um ‘espetinho’ quando foi executado a tiros, provavelmente de revólver e arma de grosso calibre.
 O homicídio aconteceu na Praça Vicente Correia no Centro da cidade. Já a vítima residia na Rua Dr. Agripino Almeida, por trás da Cadeia Pública, também no Centro de Santa Maria do Cambucá.
 O irmão de “Nenê”, que não terá o nome divulgado, informou que ele (vítima) já havia sido preso no ano de 2009 pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, tendo cumprida sua pena na Cadeia Pública daquele município.
 A Polícia Civil recolheu três projéteis de arma de fogo no local do crime, que podem ajudar na investigação. O corpo foi encaminhado para o IML da cidade de Caruaru logo após a realização do levantamento cadavérico.
Da esquerda para a direita: Ademir, Adriano e Cyro
 Um detalhe que chama atenção, é que, Cyro era amigo de Ademir Manoel da Silva que tinha 28 anos de idade e foi morto no dia 24 do mês passado.Clique AQUI e relembre. Como mostra a fotografia acima, a vítima (Cyro) também tinha amizade com o irmão do Ademir, Adriano Manoel da Silva, de 33 anos, que foi preso no último dia 19 de maio, acusado de participar da tentativa de homicídio que vitimou o vereador e presidente da Câmara Municipal de Santa Maria do Cambucá, Jorge José de Lima, de 43 anos de idade. Clique AQUI e relembre.
 A Polícia ainda está investigando os crimes e não confirma/nem descarta a ligação entre eles.
 Outro fato que chama a atenção, é a semelhança do Cyro com o terceiro envolvido na tentativa de homicídio contra o vereador, que teve o retrato falado divulgado e o Disque-Denúncia oferece recompensa de até R$ 2.000,00 (dois mil) por informações que possa ajudar na captura do acusado.
 É bom lembrar que, as evidências aqui expostas são tratadas apenas como hipótese, não de cunho oficial, mas que devem ser investigadas pela Polícia Civil.
Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário