quarta-feira, 10 de junho de 2015

Fábio Araújo participa ouvida do Prefeito de Toritama na CPI das Flores.


Presente para depôr na comissão parlamentar de inquérito da câmara municipal, que investiga as irregularidades nas compras das flores pro dia das Mães, nos primeiros meses da atual gestão.
A Câmara Municipal de Vereadores de Toritama, Casa João Manoel da Silva, teve uma manhã movimentada. Pois nesta terça feira (09), os vereadores que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga as irregularidades e responsabilidade nas compras das flores para as comemorações das festividades dos "Dia das Mães" no primeiro ano da atual gestão. É a chamada CPI das Flores. Ouviram na manhã desta terça feira, o prefeito do município, o Sr. Odon Ferreira e as testemunhas, citadas nos altos das investigações. A Casa do Povo, esteve movimentada para atenderem essa audiência, pois era algo que se esperava com grande expectativa. Pois era o momento em que o chefe do executivo local, ficaria frente a frente com os vereadores que compõe a comissão, para prestar certos esclarecimentos. No momento da ouvida o prefeito foi por diversas vezes questionado quanto a forma de aquisição e a distribuição das rosas para serem distribuídas no evento dedicado as mães da cidade. O chefe do executivo por sua vez limitou - se as responder com poucas palavras as perguntas ou questionamentos à ele. E em outras preferiu o silêncio. Quanto as respostas: o Prefeito disse que naquele momento não saber de nada do que estava acontecendo e que não sabia das irregularidades. E que era o começo da gestão, boa parte do pessoal era inexperientes, e que não houve má fé por parte do pessoal e nem da gestão. Lembrou que as flores contidas não foram somente aquelas distribuídas no evento das mães de alunos da rede municipal, mas sim foram distribuídas nas igrejas, católica e evangélica. Disse que tal ação não ocasionou nenhum prejuízo aos cofres do município. E que foi mais a falta de experiência com a coisa pública, mas que em momento algum dessa gestão, houve má fé e nem interesse de prejudicar alguém. Também foram ouvidas as testemunhas, que praticamente falaram o mesmo que o prefeito. Os vereadores continuaram com as investigações e ouvidas, até a conclusão do inquérito. A comissão da CPI das Flores, tem como presidente o vereador, Edmilson "Morica", Arimatéia é o secretário e Deoclécio, " Dió do São João". Ainda estiveram presentes na câmara municipal, os demais edis, ou seja, os vereadores de oposição, acompanhando atentamente todo o desenrolar da sessão de ouvida do prefeito e das testemunhas. Dentre os vereadores presentes, estava o vereador Fábio Araújo do PSDB.





Da: Assessoria do Vereador Fábio Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário