FOLHA DA CIDADE 22 ANOS INFORMANDO DE FORMA DIRETA...

FIQUEM BEM INFORMADOS

FIQUEM BEM INFORMADOS
SIGA-NOS NO FACE

terça-feira, 11 de setembro de 2012

POLÍCIA MILITAR PRENDE EM CARUARU, ASSALTANTES QUE MATARAM “XIMBICA”





Ximbica.
A credibilidade do trabalho do 4º BPM resultou em mais uma importante prisão na noite desta segunda-feira (10), quando policiais militares o Núcleo de Inteligência do Agreste (NIA), Caça Homicida 1 e Rocam, sob o comando do tenente-coronel Givanildo dos Santos, comandante da Unidade, realizaram um operação baseada em informações anônimas confiadas aos policiais e chegaram aos autores de um crime ocorrido no último dia 4, que vitimou um animador de festas da cidade de Caruaru, conhecido como Ximbica.

Wesley, foi o executor da vítima.

Rafael, guiava a moto CG vermelha usada nos assaltos.


Ronaldo Antonio, ocultou a arma e os capacetes.

Além da arma a polícia apreendeu a camisa usada pelo marginal no dia do crime.

A arma o os capacetes estavam guardados dentro destes sacos.

Moto usada nos assaltos.

moto apreendida na casa do receptador dos carros roubados.

Cópia do documento do receptador, Edilson Severino.
 
peças de carros encontradas na casa do receptador.

Chaves de carros roubados pela quadrilha.

CRLV´s encontradas na casa do receptador.
Aproximadamente 70 mil reais em cheques foram encontrados na casa.


Camisa e arma usadas no crime.

Barreto, Muniz e João Neto da Rocam deram apoio a Caça Homicida.
A Caça Homicida Pioneira de Maiara e Cardoso, esteve a frente da operação.

 Na rua Tupy, bairro do Salgado, em Caruaru, os PMs encontraram Wesley Batista da Silva, 32 anos, e Rafael Gustavo Nunes de Carvalho, 19 anos, que participaram diretamente do crime. Wesley confessou a autoria dos disparos, enquanto Rafael pilotava a moto durante a tentativa de assalto que resultou na morte de Júlio César Deda Pacheco, o Ximbica, de 57 anos. A partir da dupla os policiais descobriram que um terceiro envolvido, Ronaldo Antônio de Souza, 36 anos, teria escondido a arma utilizada pelos criminosos, um revólver calibre 38, em sua residência, na rua Coronel Rufino Demétrius, no bairro do Salgado, onde foi preso.
Na sequência das ações os policiais seguiram até a rua Afonso Aires, no bairro Santa Clara, em Caruaru, onde mora Edilson Severino da Silva, de 29 anos, que encomendou aos criminosos um Fiat Uno de cor branca, pois daria em troca a importância de R$ 1 mil. Foi quando Wesley e Rafael tentaram roubar o carro do animador de festas, que tinha as características solicitadas. O acusado não foi localizado, porém, na garagem da residência, os policiais encontraram 42 folhas de cheque, 13 recibos de diversos veículos, 15 folhas de licenciamento de veículos (CRLV), 12 peças de acessórios de veículos de diversas marcas, 14 chaves de carros, três tarjetas de placa veicular, três controles de som automotivo, cinco rodas de veículo, além de duas motos, uma FAN de cor preta e placa HYY 4304 e uma CG 150 de cor vermelha e placa NXW 0927.

Os envolvidos foram conduzidos ao plantão da Delegacia Regional de Caruaru para os procedimentos legais.

 

O CRIME

 

Um homem conhecido por animar festas de Carnaval e São João de Caruaru, no Agreste pernambucano, foi assassinado a tiros na cidade, no fim da tarde da última terça-feira (4). Júlio César Pacheco, de 57 anos, conhecido pelos caruaruenses como “Ximbica”, foi morto quando estacionava o carro, na rua Arlindo Porto, no bairro Maurício de Nassau, em frente à casa da mãe, que estava comemorando aniversário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário