FOLHA DA CIDADE 22 ANOS INFORMANDO DE FORMA DIRETA...

FIQUEM BEM INFORMADOS

FIQUEM BEM INFORMADOS
SIGA-NOS NO FACE

sexta-feira, 11 de maio de 2012

TRAVESTI É BRUTALMENTE ASSASSINADO EM PESQUEIRA








O corpo do homossexual JOSÉ SEBASTIÃO DA SILVA, de 32 anos que residia tanto No bairro da pitanga em Pesqueira, como na cidade de lajedo onde seus parentes residem, ele que era mais conhecido como COMADRE ZEZINHA, estava desaparecido desde a segunda feira (07/05) passada e foi encontrado na tarde desta quinta feira em uma terreno baldio ali nas proximidades da cachoeira. 

 Após o desaparecimento a moto shineray da vitima foi encontrada próximo da turbina da cachoeira, local onde muitos vão tomar banho ou lavar roupas e colhendo as informações repassadas a policia da cidade, os mesmos conseguiram chegar aos autores do crime que foram ate o local e mostraram onde estava o corpo da vitima.

O corpo de Sebastião ou Comadre Zezinha, estava em um terreno bastante acidentado de difícil acesso. E segundo relatos dos envolvidos, o homossexual foi morto a PEDRADAS e PAULADAS por não ter pago uma quantia de Hum Mil reais que supostamente seria uma divida de transas sexuais com um dos assassinos ( que recebia uma certa quantia toda vez que saia com Zezinha).

 O corpo de SEBASTIÃO foi removido do local já em estado de decomposição e encaminhado ao IML do Recife, para ser periciado e deve ser sepultado na cidade onde seus parentes residem. Com este a polícia soma cinco crimes de morte em Pesqueira este ano.

Após trabalhos de investigações policiais civis e militares prenderam um indivíduo e o mesmo confessou o crime com detalhes e deu o nome de mais dois participantes do assassinato sendo um deles menor de 17 anos; São eles.LUIZ FERNANDO DA SILVA de 21 anos e ADELSON SANTOS BOQUIM de 19 anos. Que foram autuados em flagrante por homicídio qualificado e ocultação de cadáver em seguida foram encaminhados ao presídio Desembargador Augusto Duque em Pesqueira e o menor foi encaminhado a Funase de Caruaru.
Fonte: Blog do Adielson Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário