FOLHA DA CIDADE 22 ANOS INFORMANDO DE FORMA DIRETA...

VENHA ECONOMIZAR COM A GENTE

VENHA ECONOMIZAR COM A GENTE

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Popular é executado na frente de escola



CARUARU: Um homem foi assassinado na tarde desta quinta-feira (04) em frente a Escola de tempo integral professor Altair Nunes Porto Filho, na Avenida José Carlos Coutinho, no bairro do Cedro, em Caruaru. A vítima foi o pedreiro Marcos Antonio Barbosa, que era ex-presidiário, tinha 33 anos e morava na Rua Santa Luzia, no Salgado.
Segundo informações, ele saiu de casa para buscar os três filhos, pegou os de 13 e 11 anos na escola da Cidade Jardim e foi a escola do Cedro para buscar o filho de 8 anos, parou o seu veículo, um Pálio Weekend marrom em frente ao portão e ao descer do carro, foi abordado por dois homens que chegaram em uma motocicleta de características e placas não anotadas, o garupa sacou uma pistola 380 e efetuou dois tiros na vítima, atingindo a sua cabeça na testa e na boca, com o mesmo vindo a morrer no local na frente dos dois filhos que permaneceram no carro.   
Segundo informações de Nice, que era sogra da vítima, ele sofreu uma tentativa de homicídio há 8 meses, por conta disso ficou com seqüelas e perdeu a visão de um dos olhos, por isso não estava mais trabalhando e há algum tempo vinha sofrendo ameaças de morte.
Durante a perícia no corpo da vítima, foram encontrados um registro civil, em nome de Antonio Marcos Izidório, uma carteira de trabalho com a página de identificação arrancada e uma carteira de identidade em nome de Marcos Antonio, o que pode significar que ele estava utilizando documentos falsos, hipótese que também está sendo investigada pela polícia.
O delegado de homicídios, Dr. Márcio Cruz, esteve no local e mesmo com o avançar da hora, designou a sua equipe para realizar diligências e a ordem é não pararem até prenderem o assassino deste que foi o 5º homicídio do mês de dezembro e o 126º de 2014 ocorrido em Caruaru. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML local. (Por Blog do Adielson Galvão)
 
 
 
 
 
 




 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário